quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

FRATERNIDADE CRISTO REDENTOR

Amigos(as),

No próximo dia 18 de dezembro (sábado), será feita a entrega das
Cestas Básicas de Natal para as famílias necessitadas e cadastradas
na Casa e Fraternidade Cristo Redentor.

Para completar essas cestas, ainda estamos precisando de: arroz, feijão
e óleo.

Quem puder colaborar, pode encaminhar, até 16/12, os itens para os seguintes locais:

-Administração da CCR (horário comercial)
-Portaria da CCR (demais horários)
-Fraternidade Cristo Redentor (em dias e horários de atividades)

Qualquer quantidade é bem-vinda!

Para mais informações, entre em contato com Valquíria, tel. 2523-6222, na
Casa do Cristo Redentor.

Para saber mais sobre a CCR, acesse o http://www.casadocristoredentor.org.br/

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Videoclipe do espetáculo teatral 'A Sorte do Personagem'

ADORO!!! CCJ promove show de Otto e Nação Zumbi na rua e de graça

Domingo, dia 28 de novembro, às 16h, acontece no Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso (CCJ) o projeto “Ao Vivo no CCJ” com a Nação Zumbi e Otto. A entrada é Catraca Livre.


Ex-integrante do Nação Zumbi e Mundo Livre S/A, o cantor e compositor Otto apresenta seu novo trabalho, aclamado pela crítica e intitulado “Certa Manhã Acordei De Sonhos Intranquilos”.

Para encerrar, a banda Nação Zumbi apresenta sua sonoridade híbrida e experimental em composições como “Onde Tenho que Ir”, “Inferno” e “Toda Surdez Será Castigada”.

O show será realizado em um palco externo, em frente ao CCJ.

Serviço

Show – Otto e Nação Zumbi
Data: 28/11
Horário: domingo, às 16h
Local: Centro Cultural da Juventude – CCJ
End.: Av. Deputado Emílio Carlos, 3641 – Vila Nova Cachoeirinha – Zona Norte - São Paulo
Tel.: (11) 3984-2466
Catraca Livre
http://www.ccjuve.prefeitura.sp.gov.br/

Fonte: Catraca Livre

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

A Sorte do Personagem



Confusões, conflitos e muito mais acontecendo nos bastidores de uma novela dos anos 70 e a ligação com os personagens na vida real é só um pouquinho do que acontece na comédia de maior sucesso do Grupo Cafonas & Bokomokos. A peça traz um pouco das mudanças que ocorreram no Brasil naquele época, um romance entre o galã e uma telespectadora, a censura, cenas do próximo capítulo e muito mais.
Serviço:
Teatro Plínio Marcos - Lotação: 100 lugares
Shopping Pompéia Nobre
Rua Clélia 33 – 2º piso - Tel.: 3864-3129 - Pompéia
Bilheteria abre às 15h (bilheteria e peça somente aos sábados)
07/8/2010 a 11/9/2010, às 20:00h
Ingressos: R$20,00(inteira) e R$10,00(estudantes, idosos, e professores da rede pública)
http://www.cafonas.com.br/

Eu não perco nenhuma peça do grupo, olha nós aí...

Filho, sobrinho, eu e irmãos...










CEFOPÉA RECICLÁZARO

Estive com a equipe de trabalho no Cefopéa, deem uma olhada nas fotos e nas atividades oferecidas.





CEFOPEA - Centro de Formação Profissional e Educação Ambiental Reciclázaro
O CEFOPEA tem quatro objetivos:

1. Organizar e intervir junto a comunidade local, principalmente as pessoas em situação de sofrimento social, para reconhecerem as potencialidades e reduzir o consumo de drogas, a exposição às DSts/AIDS e a violência, através de ações de formação, sensibilização, geração de renda, atividades culturais e encaminhamentos,

2. Sensibilização da comunidade, a começar por crianças e adolescentes, através de palestras, oficinas e encontros, cujo foco é a iniciação na temática das boas práticas ambientais evidenciando a necessidade de repensar nossas ações e buscar novas atitudes;

3. Formação profissional e humana oferecida no Curso de Jardinagem e Conservação Ambiental, com vistas à entrada no mercado de trabalho e à consciência cidadã para intervir ecologicamente em prol da sustentabilidade;

4. Geração de trabalho e renda através de oficinas e cooperativa de reciclagem que promovem a volta de pessoas em situação sofrimento social ao estágio produtivo de vida, por meio da capacitação para o empreendedorismo e o trabalho em equipe, através de atividades produtivas no campo do artesanato, da produção de mudas e do trabalho com tecnologias limpas (construção de aquecedor solar, captação de água da chuva) e da coleta seletiva de lixo.


Atividades de Formação Profissional
» Curso de Jardinagem e Conservação Ambiental – É um curso semestral com carga horária de 320 horas, que visa a inserção do aluno no mercado de trabalho. São ensinadas técnicas de manutenção de jardins, manuseio de ferramentas, conservação de áreas verdes, paisagismo, adubação, irrigação, entre outras matérias. O curso também visa a formação de um cidadão consciente e próativo, relacionando as questões humanas, sociais e ambientais. As turmas são formadas no início de cada semestre com opção entre os períodos da manhã e da tarde, e as aulas acontecem de segunda a sexta.

Atividades de Formação Cultural:
» Inclusão digital
» Oficina de Multimeios
» Brinquedo ecológico
» Outras ações do ponto de cultura

Atividades de Geração de Trabalho e Renda:
» Moda Sustentável
» Coleta Seletiva
» Horta Urbana
» Encadernação
» Tijolo Ecológico
» Palestras Diversas

Endereço: Av. Ariston de Azevedo, 10 - Belém
Fone: 2081-3673
Responsável: Raul Xavier

Porque viajar em grupo...

quinta-feira, 24 de junho de 2010

ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA MONTE AZUL

Estive hoje com a equipe que trabalho conhecendo um pouco do trabalho social que é realizado na Associação Comunitária Monte Azul.

Simplemente amei, os trabalhos realizados, o local onde ficam as instalações, muitas árvores, muito verde, uma sensação de estar na casa da minha avó...

Vale a pena conhecer!

Com os artesãos...
Respeito a natureza acima de tudo.

Um pedacinho do céu... onde fica os berçários...
Os mais grandinhos almoçando, depois de uma aula de Euritimia...



A marcenaria, brinquedos lindos são fabricados aqui...

Um outro cantinho que adorei...
Por que será???

Sobre a Instituição...
A Associação Comunitária Monte Azul foi fundada pela pedagoga antroposófica alemã Ute Craemer. Depoisde um período de trabalho voluntário, na humanização de favelas no Paraná (1965), Ute estabeleceu-se emSão Paulo (1971), como professora da Escola Waldorf Rudolf Steiner.
Em paralelo, iniciou um trabalho de educação com as crianças da favela Monte Azul, localizada na zona sulde São Paulo, recebendo-as em sua própria casa.
De forma natural, como concretização de suas convicções, o ideal da educadora Ute ganhava forma:criar uma ponte entre realidades sociais diferentes, como um caminho possível para melhorar o mundo.
Foi esta motivação que a fez fundar a Associação. É a mesma que a estimula sempre e todos os dias,em suas destacadas atividades dentro do cenário mundial da educação e, atualmente, como Conselheirado Grupo de Metas - responsável pela gestão da Associação Comunitária Monte Azul.

Mais...
Vale a pena conhecer...

EURITMIA...VOCÊ CONHEÇE???


A euritmia nasceu na Alemanha no início do século XX, sob a orientação e criação do filósofo e educador austríaco Rudolf Steiner. Esta nova arte domovimento que acompanha a recitação de poemas, prosa ou música vem se desenvolvendo desde então em vários países como Holanda, Suíça, Inglaterra, Escandinávia, Rússia, Japão, Estados Unidos, África do Sul, Austrália, e em quase todos os países da América Latina.
Inicialmente praticada em pequenos círculos e aplicada pedagógica e terapeuticamente nas Escolas Waldorf, ganhou amplitude através de pesquisas realizadas nas áreas da educação e saúde ao longo dos anos. Hoje está presente em mais de 700 escolas, clínicas, hospitais e outras entidades espalhadas pelo mundo, fornecendo apoio para o desenvolvimento físico, intelectual e emocional de crianças e adultos, proporcionando uma maior flexibilidade e sensibilidade artística.
Recentemente também inserida em instituições e empresas, tem apresentado resultados notáveis no desenvolvimento do trabalho em equipe. Aplicada a grupos, a euritmia promove consciência sobre as relações sociais, e sobre a relação do indivíduo com o todo. Na Europa tem crescido a demanda desta especialização em empresas, por seu reconhecido efeito benéfico nas relações de trabalho.
Apesar de atuar em diferentes âmbitos sociais, a base de todo o trabalho eurítmico é de cunho artístico.
A euritmia revela, por meio dos movimentos, as qualidades interiores dos conteúdos poéticos e as leis contidas nos elementos musicais. Gestos corporais e formas percorridas no espaço adquirem vida e significado através dos fonemas, ritmos, sons e tons, intervalos e andamentos dessas duas artes temporais (poesia e música).
Mais sobre Euritmia: http://euritmiaformacao.com

Danças Circulares e da Paz Universal no Brasil no Brasil

Dança do Salgueiro - 1634

No Brasil ambos os movimentos encontraram eco e são conhecidos como Danças Circulares ou Danças Circulares Sagradas.
Em nosso país vem se somando a este movimento uma parcela bem brasileira, formada pelas danças folclóricas feitas em roda e também pelas danças e brincadeiras de roda. Estas estão sendo reavivadas por educadores, folcloristas e/ou integrantes do movimento, com o intuito de intensificar a dança de roda no universo infantil, introduzindo, inclusive, músicas do nosso repertório popular, tanto antigo como atual.
De modo geral, as Danças Circulares têm sido praticadas com diferentes fins, e em ocasiões diversas como forma de crescimento individual; como caminho espiritual; uma forma de vivenciar o lúdico; na celebração de algum evento; como meio de harmonização grupal em apoio a alguma atividade que se deseja realizar; como instrumento terapêutico e de cura; no trabalho com idosos; com pessoas diferenciadas; como instrumento educativo para a vivência de princípios éticos nos âmbitos pessoal, grupal, social e planetário e, por fim, vêm contribuindo também no meio empresarial como instrumento de integração, sociabilização, centramento, ludicidade para o grupo, em sintonia com o propósito da empresa.
As Danças Circulares vêm se espalhando pelas principais capitais (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Porto Alegre, Curitiba, Florianópolis, Belém) e também pelo interior.
Para dançar não são necessárias habilidades especiais. Basta querer compartilhar da alegria de se dar as mãos na roda, com disponibilidade para ser mais um elo que dá, recebe e contribui para a criação grupal, com seu modo único e original de ser.


Quer saber mais:




Eu amei!!!!

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Desfile Virtual de Moda

Em uma produção independente, os alunos de uma faculdade de moda lançam-se ao mercado apresentando uma coleção conceitual de calças em um desfile virtual com transmissão ao vivo pela Internet.

Ao todo, 20 alunos tiveram liberdade para criar seus modelos sem se preocupar com o mercado de consumo, elaborando uma coleção de calças conceituais inspiradas no filme Avatar, alcançando um resultado surpreendente.

Tendo metade do curso realizado, os alunos ainda estão em fase de amadurecimento, sendo esta a primeira vez em que produzem utilizando couro e tecidos plissados.

Voce está especialmente convidado a assistir a este evento via on line pelo site:

WWW.atendewebtv.com.br/?desfile

Dia 25 de junho de 2010.

Hora 20:30 Hs

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Workshops gratuitos

A Siquiplás, fornecedora de matéria prima para artesãos estará oferecendo um workshop gratuito no dia 14/06/2010 das 08 às 16 horas.
Para participar você deve ligar (11) 2089-9999 e fazer sua reserva.

Para conhecer mais sobre os produtos, novidades, vídeos, etc.
www.siquiplas.com.br

segunda-feira, 3 de maio de 2010

FEIRA DE PATCHWORK - SENAI


De 30/6 a 3/7/2010, o Senac promove a 8ª Semana de Patchwork, no Esporte Clube Sírio, em São Paulo. A tradicional técnica de costura envolve recortes de tecidos de diferentes cores e padrões, resultando em peças únicas.

O evento é voltado a profissionais que buscam se aperfeiçoar na aplicação da técnica e demais interessados na arte. Para isso, a semana inclui feira com 40 expositores, entre fornecedores, lojas e ateliês.

Este evento possui o selo Carbon Free. Clique aqui para saber mais.

8 ª Semana Senac do Patchwork
De 30/6 a 3 /7/2010
De segunda a sexta, das 11 às 20 horas; sábado, das 11 às 18 horas
Ingresso: 1 kg de alimento não-perecível
Esporte Clube Sírio
Av. Indianópolis, 1.192 – Planalto Paulista – São Paulo – SP
Informações: Tel.: (11) 2185-9800 – E-mail: lapafaustolo@sp.senac.br

quinta-feira, 29 de abril de 2010

VIRADA CULTURAL - Programação Completa

A programação completa da Virada cultural de São Paulo, que acontece entre os dias 15 e 16 de maio, foi anunciada hoje.

Entre os destaques de shows, estão as apresentações dos músicos cubanos Barbarito Torres e Ignacio Mazacotte, integrantes do Buena Vista Social Club, as bandas de Janis Joplin (Big Brother & The Holding Co.) e Frank Zappa (Grand Mother Re:Invented) são alguns dos destaques, junto com Booker T. e Living Colour.

Veja outros eventos gratuitos no site Catraca Livre
Cubanos do Buena Vista Social Club abrem Virada Cultural 2010

Veja abaixo a programação completa de shows.

PRAÇA JULIO PRESTES
(Av. Duque de Caxias, próximo a Sala São Paulo)

18h Barbarito Torres e Ignacio Mazacote (Cuba)
21h Zélia Duncan
00h Céu
03h Living Colour (EUA)
06h Los Sebozos Postizos
09h Palavra Cantada
12h Toquinho
15h ABBA - the Show (Suécia -Inglaterra)
18h Cantoria - Elomar, Xangai, Vital Farias e Geraldo Azevedo

PRAÇA DA REPÚBLICA
(Próximo à av. Ipiranga, virado para a Rua do Arouche)

19h Paulo Vanzolini
21h Nelson Sargento
23h Baile do Simonal - Wilson Simoninha e Max de Castro
01h Jair Rodrigues
03h Elza Soares e Sandália de Prata
05h Orlandivo e Clube do Balanço
07h Terreirão do Sobral
09h Almir Guineto
11h Reinaldo, o Príncipe do Pagode
13h Leandro Sapucay
15h Arlindo Cruz
17h Germano Mathias e Dicró

BULEVAR SÃO JOÃO
(Vale do Anhangabaú)

19h Hermeto Pascoal
21h Airto Moreira
23h Booker T (Eua)
01h The Temptations - Feat. Glenn Leonard (Eua)
03h Orquestra Popular de Frevo do Recife
05h Edy Star - Sociedade da Grã-Ordem Kavernista
Apresenta Sessão das Dez
07h Nei Lisboa
09h Nito Mestre (Sui Generis -Argentina)
11h Tatit, Wisnik e Nestrovski
13h Grupo Medusa
15h Flora Purim
17h Letieres Leite e Orkestra Rumpilezz

VIEIRA DE CARVALHO
(Lgo. do Arouche, virado para a Av. Vieira de Carvalho)

19h Arrigo Barnabé - Caixa de Ódio: o Universo de Lupicínio Rodrigues
21h André Abujamra - Desengonçalves, Canções de Nelson Gonçalves
23h Frank Elvis & los Sinatras - Bailinho
01h Sidney Magal
03h Luis Caldas
05h Double You
07h Brothers of Brazil
09h Valdirene
11h Jerry Adriani
13h Angelo Maximo
15h Vanusa
17h Wanderléa

AV. SÃO JOÃO
(Av. São João, próximo a Rua General Osório, virado para a Av. Ipiranga)

20h Grand Mothers - Re:invented
22h Big Brother & the Holding Co.
00h Patrulha do Espaço
01h30 L.A. Guns
03h30 Carnavelhas - Tributo a Adoniran Barbosa
05h30 Krisium
07h30 Imbyra
09h30 Pitty
11h30 CPM 22 - Só Ramones
13h30 Raimundos
15h30 Pequeno Cidadão
17h30 Titãs

BARÃO DE LIMEIRA
(Alameda Barão de Limeira)

19h Orquestra Brasileira de Música Jamaicana
21h Pablo Moses (Jamaica)
23h Cidade Negra e Ras Bernardo - Lute para Viver (1991)
01h Fully Fullwood (Jamaica)
03h Planta e Raiz
05h Tribo de Jah
07h Djambi
09h Pedra Rara
11h Leões de Israel
13h Mano Bantu
15h Clinton Fearon (Jamaica)
17h Big Youth (Jamaica)

CASPER LÍBERO
(Washington Luís)

19h Juliana Kehl
20h40 Detetives
22h20 Tulipa Ruiz
h Dudu Tsuda
01h40 Cacau Brasil
03h20 Comma
05h Naná Rizzini
06h40 Banda Dc
08h20 Rodrigo Campos
10h Sambô
11h40 Rubra Pop Show
13h20 Karina Buhr
15h Sweet Flavour Band
16h40 Mallu Magalhães

CASPER LÍBERO
(Mauá)

18h10 Musica do Mato (MT)
19h50 Caldo de Piaba (AC)
21h30 Black Drawing Chalks (GO)
23h10 Camarones Orquestra Guitarrística (RN)
00h50 Galinha Preta (DF)
02h30 Plastique Noir (CE)
04h10 Baba de Mumm-Rá (TO)
05h50 Vendo 147 (BA)
07h30 Hey Hey Hey (RO)
09h10 4Instrumental (MG)
10h50 Aeromoças e Tenistas Russas (SP)
12h30 Nervoso e os Calmantes (RJ)
14h10 Terra Celta (PR)
15h50 Rinoceronte (RS)
17h30 Cabruêra (PB)

24 HORAS DE MARCHINHAS DE SÃO LUIZ DO PARAITINGA
(Lgo da Misericordia)

18h Banda Estrambelhados
21h Grupo Paranga
00h Lokomotiva Kabereca
03h Confrete
06h Quar de Mata
09h Tânia Moradei e Banda
12h Sincopado
15h Familia Santos
17h Charanga do Quadô

PÁTIO DO COLÉGIO: Palco do eu sozinho

19h Nô Stopa
20h30 Edvaldo Santana
22h Swami Jr.
23h30 Tião Carvalho
01h Ricardo Trip
02h30 Wesley Nóog
04h Thiago Lopes
05h30 Sandro Casanova
07h Bêca Arruda
08h30 Germano Porto Leite
10h Paulo Maradei
11h30 Tchello Palma
13h Bernardo Pellegrini
14h30 Ricardo Barros
16h Iara Rennó
17h30 Alzira E

PALCO PARA UMA PESSOA SÓ
(R. dos Timbiras com São João)

18h Marta Froes
20h Mauricio Sant'anna
22h Lafaiete Junior
00h Junior Meirelles
02h Renato Tupã
04h Paulinho Dias
06h Kitu Yang
10h Demetrius Lulo
12h Janaina Theodoro
14h Fabio Pereira
16h Claudia Romano

PISTA SÃO FRANCISCO
(Largo São Francisco)

20h Grace Kelly Dum
22h E - Cox - Live
00h Sabrina Tome
02h Du Serena
04h Rica Amaral
06h Snoop
08h Jollan
10h Marcelo D Sá
12h Mau Mau
14h Ramilson Maia
16h Dj Andy

PISTA SÉ
(Praça da Sé)

18h João Fonseca
20h Jonas Rosio
22h Gui Milani
00h Ritmo Live!
01h V.falabella
02h30 Swarup
04h30 Demonizz Live!
05h30 Edu Vs Dicksha
07h30 Zaghini
09h30 Burn In Noise
10h30 Deutsch
12h Aerospace Live!
13h Vidigal
15h Ticon Live!
18h Rafael Noronha & Re Dupre

PISTA SÉ
(Catedral da Sé)

18h Hermes - Laborg

PISTA SANTA EFIGÊNIA

18h João Gil
19h45 Gregão
21h30 R-Jay
23h15 Mark´s
01h Double C
02h45 Child
04h30 Speed
06h15 Flash
08h Gran Master Ney
09h45 Betão Grooves
11h30 Lobato
13h15 J-Key
15h Magoo
16h45 Marcelos e os Filhos

PISTA AROUCHE
(Largo do Arouche, em frente à Rua Rego Freitas)

18h Edson B
20h Edinei
22h Vadao
00h Mauro Borges
02h Juliana Lopes
04h Adriano Trulli
06h Ricardo Coppini
08h Shine
10h Dj Ramer
12h Jah Costa
14h Carla Tutti
16h Dimy Soler

LGO. DO PAISSANDÚ
(Sacada da Virada)

21h Rubens Peterlongo
22h Anvil Fx
23h Camilo Rocha
00h Mavis
01h Database
02h Sayhoooo!
03h Souksouklow
04h Thomash
05h Gui Aka Ugi
06h Coletivo Voodoohop



Fonte: Folha Online

quarta-feira, 28 de abril de 2010

SEMANA DE DANÇA

O Semanas de Dança - Diálogos tem início nesta quarta-feira (28/04).

As salas Jardel Filho, Paulo Emilio Salles Gomes e o Espaço Cênico Ademar Guerra sediarão 25 espetáculos, uma instalação coreográfica e 160 apresentações.

Tem início nesta quarta-feira (28/04) o Semanas de Dança - Diálogos, tradicional programa do Centro Cultural São Paulo (CCSP). As salas Jardel Filho, Paulo Emílio Salles Gomes e o Espaço Cênico Ademar Guerra sediarão 25 espetáculos, uma instalação coreográfica e 160 apresentações, envolvendo aproximadamente 450 profissionais, entre produção e artistas, numa programação que totalizará 225 horas de propostas de dança em zona de troca (com literatura, artes plásticas, circo e teatro), além de outras formas de apropriação da dança e do espaço. A organização estima um público de 10 mil pessoas durante as oito semanas do evento.

O Semanas começa na véspera do Dia Mundial da Dança, data instituída em 1982 pelo Comitê Internacional de Dança (CID), órgão ligado à Unesco. A data foi escolhida em homenagem ao aniversário de nascimento do bailarino Jean-Georges Noverre (1727-1810), criador do balé moderno. A abertura para convidados ocorre hoje, às 19h, no Espaço Cênico Ademar Guerra. Na ocasião, haverá a apresentação do Tentativa de Salvar o Mundo, uma performance de Júlia Rocha em que 13 colaboradores utilizam o pão como matéria-prima para uma reflexão sobre o coletivo em torno do mesmo objetivo.

Iniciado nos anos 90, o Semanas é reconhecido pelos profissionais de dança como uma possibilidade de temporadas de seus trabalhos coreográficos, muitas vezes inéditos. Em 2010, o projeto articula temporadas das companhias com ações coletivas durante todo o programa. “Os espetáculos consecutivos estimulam a convergência de público e a aproximação entre propostas de experimentação, formação e difusão. O desafio para os grupos, para os artistas e para o CCSP foi criar espaços de encontro e de interesse artístico mútuo, capaz de estabelecer trocas e relacionamentos entre os artistas, o público e o Centro Cultural”, explica Alexandra Itacarambi, curadora de dança do CCSP.

O projeto Semanas de Dança está dentro do eixo curatorial Dança Expandida, que propõe um modo de operar com ações inter-relacionadas, formatos diferenciados e propostas interdisciplinares. É parte integrante do Eixo Curatorial do Centro Cultural São Paulo para o biênio 2010/2011: Arte/Cidade/Cultura, que está sendo implantado de forma inédita neste ano.



DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO

A programação do Semanas de Dança reúne profissionais premiados da área a novos nomes que despontam no cenário da dança nacional.

Confira alguns dos destaques da programação:

Dança para pessoas com deficiência visual

O Semanas apresentará também o primeiro espetáculo audionarrado de dança na história da programação do Centro Cultural São Paulo. Um grupo de 30 pessoas com deficiência visual participará de um espetáculo diferenciado, que usa audiodescrição e coloca o público em cima do palco, junto com os bailarinos, vivendo uma experiência sensorial diferente.

Dança e Ação Educativa

Com coreografia de Miriam Druwe, o espetáculo infanto-juvenil “Vila Tarsila”, da Cia. Druw, celebra a obra de Tarsila do Amaral e inaugura nova forma de trabalho no CCSP, integrando a curadoria de dança, os acervos da instituição e a divisão de ação educativa. Além do espetáculo, dois workshops serão ministrados para arte-educadores.

Novidade

O pouco conhecido grupo PIP, de Curitiba, apresenta a coreografia “We Cage”, partindo de estudos de John Cage (compositor) e Mercê Cunningham (coreógrafo). O grupo trabalha principalmente aproximando a dança da performance art e da tecnologia.

Dança e Tecnologia

O projeto Mov´ola de Alex Soares trabalha com criações coreográficas multimídia. O espetáculo “Paralaxe de Paranóias” explora conceitos e questões psicológicas inerentes à sociedade atual, através do encontro entre arte e tecnologia. Alex é o criador de “WiiPrevisto”, espetáculo de 2009 que utilizava os controles do videogame Wii.

Intedisciplinar

Com direção de Renata Melo e interpretação de Ziza Brisola e elenco, o espetáculo “Animal na Sala” trabalha as linguagens de teatro, circo e dança, de forma interligada. Instiga o público a questionar o relacionamento do homem com seu próprio habitat, utilizando a cronologia da espécie humana como matéria-prima.

Nelson Rodrigues e Le Parkour

Dirigido por Cristiane Paoli Quito e com pensamento corporal de Tica Lemos, o premiado espetáculo “O Beijo” parte da obra de Nelson Rodrigues para criar uma releitura subjetiva, delineada pela dança de improvisação. O espetáculo incorpora ainda movimentos do Le Parkour, modalidade esportiva francesa.

Luz, sombra e sentidos

O diretor teatral Fábio Mazzoni apresenta seu novo trabalho com a bailarina Jacqueline Gimenes, compondo a cena esteticamente com neblina e feixes de luz que a própria intérprete movimenta durante todo o espetáculo. Ora escondendo, ora revelando pedaços do espaço de encenação. Trata-se de uma obra extremamente sensorial.



SERVIÇO



Semanas de Dança - Diálogos

Projeto de temporadas de dança articuladas com ações de diálogo

28 de abril a 20 de junho - Salas e espaços do CCSP

Entrada Franca. Ingressos disponíveis na bilheteria a partir das 18h.

Abertura para convidados: 28 de abril - 19h

Espaço Cênico Ademar Guerra - Centro Cultural São Paulo

Rua Vergueiro, 1.000 - Paraíso - São Paulo

+ Confira outras notícias no Portal da Prefeitura de S.Paulo

domingo, 25 de abril de 2010

ROSAS BRANCAS PARA SALOMÉ - TEATRO

Drag queen Salete Campari vira Salomé nos palcos paulistanos



A partir do próximo dia 23, todas as sextas-feiras, às 21h, a drag queen Salete Campari vai deixar de lado seu alter ego de Marylin Monroe para encarnar no teatro Salomé, transformista que transgrediu os valores conservadores do Brasil em plena Ditadura Militar. “Rosas Brancas para Salomé” fica em cartaz no Teatro do Ator, na Praça Roosevelt, em São Paulo.

De autoria de Gladston Ramos e com direção de Nicole Puzzi e Julio Wargas, a peça se passa dentro do camarim de Salomé e percorre a trajetória desse ícone da resistência na década de 1960. Com vivência de palco como transformista, Salete empresta sua experiência para um retrato do que pode ser considerado os primórdios de uma militância que se faz sem partidos políticos.

Salete mostra ao público a alegria e os dramas da vida da personagem pioneira da noite gay e da batalha pelo direito de ser quem bem quiser. O monólogo tem tom intimista, confessional e sempre alto astral, como era Salomé. O espetáculo não tem fins lucrativos e terá o seu ingresso revertido para a Casa da Brenda Lee, entidade de apoio que abriga portadores do vírus HIV.

Serviço:

“Rosas Brancas para Salomé”
Teatro do Ator: Praça Franklin Roosevelt, 172 - Consolação
Ingresso: 2 kg de alimentos não perecíveis ou R$10 para espetáculo

Homenagem a São Paulo... Adorei!!!

sábado, 24 de abril de 2010

Teatro musical com pessoas com síndrome de Down

Horário: 20h

Local: Teatro Dias Gomes - Rua Domingos de Moraes, 348 - Vila Mariana - São Paulo - SP

Assunto: A Oficina dos Menestréis convida para a "UP", um musical com pessoas com síndrome de Down. UP é o musical do projeto UP, o mais novo projetos social da Oficina. Depois de um ano de treinamento, o grupo, sob direção de Deto Montenegro, apresentará o resultado artístico desta aventura, regada de descobertas, risadas, experiências, arte e muito afeto. No musical, cenas de diversas peças do repertório da Oficina dos Menestréis, além de criações originais para o grupo, a presença da banda e de convidados especiais. As apresentações acontecem entre os dias 24/04 e 02/05, sábados às 21h e aos domingos às 20h. O valor do ingresso inteiro é de 50 reais e a metade é de 25 reais. Informações pelo telefone: (11) 5575-7472 ou site: www.oficinadosmenestreis.com.br

Diversidade nas Artes - oficinas gratuitas

Horário: das 10 às 13h e das 19 às 22h
Local: Teatro Commune - Rua da Consolação, 1218 - Centro - São Paulo -SP
Assunto: A ação Diversidade nas Artes promove oficinas nas áreas de teatro e moda focadas na inclusão da pessoa com deficiência e na promoção da diversidade cultural. Coordenado por Carina Casuscelli, estilista e diretora de teatro, a iniciativa é resultado do prêmio Interações Estéticas, do Ministério da Cultura. Uma das atrações é Dario D'Ambrosi, diretor italiano, que desenvolve atividades teatrais com deficientes intelectuais no Teatro Patológico de Roma. Todas as atividades do projeto são gratuitas e acessíveis à pessoa com deficiência.

Para se inscrever, basta enviar um e-mail com nome completo, endereço, contato, idade e se tem algum tipo de deficiência, indicando qual oficina deseja participar: diversidadeartes@commune.com.br
Informações: (11) 3476-0792

5/4 a 24/5 - 2º feira, das 19 às 22h - Fazendo moda para pessoas especiais - com Carina Casuscelli e convidados Em maio também acontecerá:Desfile "A moda está em baixa - pela democracia dos corpos", seminário "Diversidade nas Artes" e workshop "Teatro Patológico" com o diretor italiano Dario D'Ambrosi.

8º Semana Senac do Patchwork


quinta-feira, 22 de abril de 2010

La Fraise


La Fraise é um site criado para os T-shirts maníacos e para os T-designers.Enfim uma comunidade criativa constituída de designers talentosos, fãs de camisetas e adoradores de arte.Com o objetivo de promover os jovens designers que criam grafismos para camisetas, semanalmente a La Fraise seleciona de cinco à oito criadores de T-shirts do mundo inteiro, entre as centenas de interessados, colocando em produção uma tiragem limitada de até 500 peças para cada desenho escolhido.Uma ótima oportunidade para adquirir produtos bonitos e exclusivos e mais interessante ainda para aqueles que trabalham com essa técnica.

Concurso Moda Inclusiva premiará propostas de vestuário para pessoas com deficiência

Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência convida estudantes de todo o Estado de São Paulo para empregar talento e criatividade na produção de roupas para pessoas com deficiência

Até o dia 30 de abril, a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência recebe inscrições de estudantes de todo o Estado para o 2º Concurso Moda Inclusiva, com o objetivo de contribuir para uma sociedade mais justa e inclusiva na qual todos tenham acesso igualitário aos produtos, bens e serviços disponíveis.

Confira o edital do Concurso no site: www.pessoacomdeficiencia.sp.gov.br/usr/share/documents/regulamento_moda_inclusiva2.doc

Apoiado pela Vicunha Têxtil, Pense Moda, Rede Globo, Museu da Língua Portuguesa, Vax Barcelona e Rede Lucy Montoro, o Concurso Moda Inclusiva convida os estudantes a apresentarem propostas de vestuário que atendam às necessidades das pessoas com deficiência, além de promover a discussão nesse setor sobre a necessidade de se pensar e fazer moda respeitando a diversidade. As premiações incluem estágio remunerado na empresa Vicunha Têxtil.

O Brasil tem, hoje, cerca de 30 milhões de pessoas com deficiência. Somente no Estado de São Paulo, esse contingente ultrapassa 5 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência. Há um mercado potencial enorme de produtos e serviços que atendam as demandas especificas desse segmento.

O Concurso

Para concorrer, os participantes deverão enviar um "look" (croqui e ficha técnica) para a sede da Secretaria (Av. Auro Soares de Moura Andrade, 564, portão 10, Barra Funda - São Paulo - SP - CEP: 01156.001). Também é necessário baixar a ficha de inscrição no site http://www.pessoacomdeficiencia.sp.gov.br/usr/share/documents/Inscricao_2_Moda_Inclusiva.doc e enviá-la para dauler@sp.gov.br.

Os 20 melhores trabalhos inscritos serão apoiados com tecido para a confecção das roupas, que participarão do desfile final em 07 de junho, no Museu da Língua Portuguesa. Nesse dia, o júri, composto por nove profissionais e especialistas do mercado, escolherá os três melhores looks, que serão os vencedores do Concurso Moda Inclusiva.

AGENDA

Concurso Moda Inclusiva

Inscrições para o concurso: até 30/04/2010

Entrega dos trabalhos: até 05/05/2010

Divulgação dos 20 finalistas selecionados: 07/05/2010

Realização do desfile: 07/06/2010

LANÇAMENTO DO LIVRO DO FORITO


domingo, 18 de abril de 2010

Pais ocupados, filhos distantes

Por Içami Tiba
Vivemos um paradoxo inesperado. Trabalhamos tanto e conseguimos avanços tecnológicos incríveis para termos melhor qualidade de vida e tempo, mas temos menos tempo para nos dedicar à família. Muitos pais ocupados sofrem na pele com seus filhos adultos, jovens, adolescentes, ou crianças o não ter compartilhado da vida deles. Várias pesquisas entre os homens de sucesso mostram a distância que existe entre o que vivem e o que gostariam de viver com os seus filhos.

Entretanto, há pais que, mesmo tão ocupados nos seus negócios, seus filhos não lhes são tão distantes nem tão dependentes, como a maioria dos seus colegas e amigos são. Qual o segredo destes pais? São pais de Alta Competência. São pais dedicados também à família, não só aos seus negócios. Uma dedicação que vem de sua disposição interna e disponibilidade externa por terem colocado a educação dos filhos como prioridade.

A maioria coloca os negócios como prioridade em detrimento dos filhos. Assim negligenciam a vida, pois o viver é mais importante do que o negócio. O negócio foi criado e desenvolvido pelas mentes brilhantes dos humanos para melhorar a sobrevivência e assegurar a perpetuação da espécie.

Os pais de Alta Performance sabem da importância dos negócios, mas não são assimilados por eles: eles os assimilam para melhorar suas vidas e a dos outros. Quem vive para os negócios não é dono de si mesmo, mas sim escravo deles. E quando mais precisam da vida é que estes escravos dos negócios se dão conta do quanto deixaram de viver em suas famílias. Um infarto no estrangeiro, um acidente numa estrada longínqua, ou mesmo um filho envolvido com drogas ou uma gravidez precoce faz qualquer profissional rever sua vida.

Bons pais têm a noção da sustentabilidade de suas vidas. Escrever um livro, plantar uma árvore, ter um filho são nada mais do que nossas vidas continuarem mesmo depois de nossas mortes.

Os avanços tecnológicos trouxeram também o consumismo, o estresse, a falta de tempo... Falta de tempo? Acredito que nem tanto. Vivemos é em um mundo diferente. Temos tudo para poupar tempo. Revivemos amizades a um simples toque de teclado adentrando no mundo virtual. Encontramos tantos amigos num dia só que no passado levaríamos “séculos” para encontrá-los pessoalmente.

Os pais que dizem não ter tempo para os filhos estão vivendo a contradição de querer encontrar o tempo passado como seus pais e ancestrais faziam (sentarem juntos, jogarem papo fora, brincarem com ou lerem para os seus filhos etc). Cada pai pode falar com seus filhos no momento que quiser via celular, Orkut, Skype, MSN, torpedos, Twitter etc. Estes todos são instrumentos são do tempo presente para contatar as pessoas e não o contrário.

Pais de Alta Performance acompanham não só passo a passo seus negócios como também o caminhar e o desenvolver dos filhos na escola e dentro de casa. Basta um clicar e ele tem ao seu alcance as notas que não o surpreenderão no final do ano. Uma exigência e os filhos enviam mensagens pelo twitter resumindo a essência de cada aula que tiveram no dia, usando as suas próprias palavras. Para construir estas mensagens, o filho terá de transformar as informações recebidas do professor em conhecimento. Serve de resumo para as provas mensais.

Seu filho está preocupado ou sofrendo? Envie-lhe um torpedo perguntando como está e exija resposta mais longa do que um “tudo bem”, para agendar um encontro, quem sabe numa lanchonete, para almoçarem juntos e compartilharem este momento que pode ser o ponto de virada entre o bom e o mal resultado...

Afinal, são os filhos que vão nos sustentar na velhice, nas doenças da longevidade, além de perpetuar o nosso DNA pelo mundo afora.

Içami Tiba
Içami Tiba é psiquiatra e educador. Escreveu "Família de Alta Performance", "Quem Ama, Educa!" e mais 25 livros.
Site: www.tiba.com.br

quarta-feira, 14 de abril de 2010

GABY...

Essa é uma das minhas gatinhas, não pode ver tecidinhos, coisinhas, paninhos que já vai se acomodando...

CARTEIRINHA DO ARTESÃO - SUTACO

Alguns artesãos não sabem... mas existe a "Carteirinha do Artesão" com ela você tem muitos benefícios.

Para ter o direito de se beneficiar dos serviços prestados pela Sutaco, o artesão passará por uma entrevista e o seu trabalho será avaliado pela Comissão Técnica da Sutaco que classificará o produto, a matéria-prima e a produção.

O interessado deverá adotar os seguintes procedimentos:

Na Capital contatar a Seção de Cadastro da Sutaco:
Agendar dia e horário para comparecer à sede da Sutaco para entrevista e avaliação do artesanato produzido. O agendamento não garante que o artesão será cadastrado, apenas a avaliação do seu trabalho perante a Comissão Técnica da Sutaco será fundamental para a efetivação do seu cadastro.

Telefones(11) 3241-7334 / 7342Endereço da Sutaco/Seção de CadastroRua Boa Vista, 170, Bloco III, 3º andar, Centro, São Paulo – SP

Alguns municípios do Estado, também realizam o cadastramento agendado. Confira a relação dos Municípios Cooperados.

O Artesão deverá comparecer pessoalmente à entrevista trazendo:
- Carteira de Identidade (RG) - original e xerox;
- CPF (CIC) - original e xerox;
- Comprovante de residência (conta de luz, de telefone ou envelope dos Correios com carimbo) – xerox;
- 1 (uma) fotografia 2x2 colorida, atual e sem uso.

Na mesma ocasião será feita a avaliação do artesanato e um teste de confecção na presença da Comissão Técnica da Sutaco.
Portanto, o artesão deverá trazer também:
- No mínimo, 3 (três) trabalhos de técnicas diferentes que se queira cadastrar e o material necessário para se confeccionar 1 (uma) peça de cada técnica para o teste.

Caso não seja possível executar a técnica no local da entrevista, deve-se trazer peças em três fases diferentes do processo de confecção, ou seja: uma no início, uma na fase intermediária e uma na fase final. Contudo, o artesão deverá completar uma das fases na presença da Comissão Técnica, preferencialmente.
Obs.: A Comissão Técnica da Sutaco se reserva o direito de solicitar uma visitatécnica ao local de trabalho do artesão.
Seção de CadastroContato: Maria Júlia TorresTel.: (11) 3241-7334/7342Fax; (11) 3241-7328E-mail: mjtorres@sp.gov.br

Site: http://www.sutaco.com.br/

AULA ABERTA de "Pilates e Movimento"

O Método Pilates é um sistema de exercícios que trabalham o corpo com consciência dos movimentos a partir do uso do centro corporal e da respiração, mantendo sempre uma atitude de concentração, alinhamento das estruturas e fluidez dos movimentos.
Pablo é Instrutor do Método Pilates certificado por The Physical Mind Institute, Sociólogo e Bailarino. Estudou dança contemporânea em Santiago do Chile, Nova York, Genebra, entre outros. Em Caracas dançou para diferentes companhias durante os últimos 5 anos. Fez aperfeiçoamento em Pilates, reabilitação, Waterpilates, Técnica Alexander, Método Feldenkrais e Yoga. É Terapeuta de Watsu certificado pela WABA (Worldwide Aquatic Bodywork Association).

Nesta quinta dia 15 de abril de 2010 das 8h30 às 10h00

Sala Crisantempo
TEL.: 11 3819-2287
Rua Fidalga, 521 - Vila Madalena
www.salacrisantempo.com.br
crisantempo@salacrisantempo.com.br

CONVITE

FEIRA DA ECONOMIA SOLIDÁRIA

Olá amigos e seguidores!

Temos o prazer de convida-los para estarem conosco na Feira de Economia Solidária que acontecerá na III Feira do Livro EACH-USP (EACH), onde minhas alunas estaram expondo para vendas os produtos produzidos nos cursos de corte e costura, artes manuais e bijuteria.

Peças variadas como colares, pulseiras, chinelos, bolsas, bonecas, almofadas, etc...

Contamos com a presença de todos vocês.

A III Feira do Livro da Escola de Artes, Ciências e Humanidades se realizará nos dias 13, 14 e 15 de abril (de 3ª. a 5ª. feira) das 9h às 21h no vão livre dos auditórios e da biblioteca do campus da USP Leste.

Seguem as novidades desta terceira edição: editoras das Universidades Federais de Minas Gerais e do Rio de Janeiro e Estadual do Rio e do Sul da Bahia, Instituto Henfil, Nau, Boitempo, Leopardo/Hemmus, Odysseus, Terceiro Nome, Algol, especializada em música, e 2AB, em artes visuais e produção gráfica, Letras Jurídicas e Edipro que trarão livros da área jurídica.

Mais de 70 editoras oferecerão descontos a partir de 50% em publicações voltadas a todos os públicos e que abrangem todas as áreas do conhecimento. São elas: Edusp, Editora da Unesp, Martins Editora Livraria, WMF Martins Fontes, Editora34, Paz e Terra/Graal, L&PM, Cosac Naify, Annablume, Hucitec, Perseu Abramo, Bertrand, Difel, Peirópolis, Brasiliense, Contexto, Perspectiva, Paulinas, Contraponto, Autêntica, Ateliê, Aleph, Alameda, 7 Letras, Imprensa Oficial, Conrad, Ibep-Nacional, Expressão Popular, Centauro, Globo, Átomo Alínea, Estação das Letras e Cores, Brinque Book, Cuca Fresca, Ciranda Cultural, Papirus, Global, Gaia, Alfa-Ômega, Memória Visual, Pinakotheke, Veredas, Edusc, Pubfflch/Humanitas, IPEA, Piaget, Ground, Frente, Apicuri, Pallas, Paulo Freire, Iluminuras, Xamã, Universo dos Livros, Digerati, Martin Claret, Estação Liberdade.

Nesse ano, haverá uma homenagem aos 10 anos do Fórum Social Mundial. No primeiro dia da feira às 19 horas, a professora titular da FEA, Leda Paulani, participará da mesa: "Afirmação ou enfraquecimento do discurso único na Economia". O professor Aziz Ab'Saber falará sobre os "Desafios sócio-ambientais do século XXI" no dia 14 de abril às 19 horas, e no encerramento no dia 15 às 14 horas, os professores Alessandro Soares e Pablo Ortellado (EACH-USP) e alguns alunos contarão sobre a experiência da Escola no último Fórum Social que aconteceu no começo do ano em Porto Alegre.

A Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP campus Leste está localizada na Av. Arlindo Bettio, 1000, acesso da estação USP Leste, linha Safira da CPTM (Brás-Calmon Vianna).

sábado, 10 de abril de 2010

DOC - DANÇA ORIENTAL CONTEMPORÂNEA

Adoro dançar, há anos venho me aprofundando na Dança do Ventre, modalidade que amo, é o dançar com a alma.

Descobri outra dança que me cativou desde a primeira aula, é a DOC - DANÇA ORIENTAL CONTEMPORÂNEA, uma combinação de Danças Orientais como Dança Indiana, Danças Árabes, Dança Cigana e Flamenco, como não poderia me apaixonar por esta modalidade. Desde então sou aluna e estou amando as aulas.

Abaixo uma matéria sobre DOC, descubra e se apaixone também!!!


A união faz a beleza!!!
Escrito por Fernanda S. Payão

Assim como você leitora, eu me apaixonei pelas Danças Árabes logo que tive a primeira oportunidade de assistir a uma apresentação. Aqueles movimentos extremamente delicados, graciosos, o domínio do corpo... é uma viagem a um mundo de encantos e ainda tem música de fundo!

Comecei a fazer aulas e descobrir as maravilhas que a dança nos proporciona, não só no físico, mas principalmente no emocional. Até aqui, não disse nenhuma novidade, todas nós passamos pelo mesmo processo, não é mesmo?

A dança do ventre foi só o inicio da minha busca que passou por diversas modalidades: dança cigana, jazz, balé e finalmente a dança indiana clássica. Senti um encantamento parecido quando da primeira vez que vi uma bailarina de dança do ventre. Só que desta vez foi um misto de beleza, graça e filosofia hindu.

Foi aí que comecei meus estudos dentro desta modalidade, fiz aulas de Odissi (dança do Estado de Orissa), Bollywood e finalmente Kathak, a qual me dedico há 3 anos.

A vivência de várias modalidades me mostrou que dançar é universal, e que é possível sentir-se bem de várias formas. Foi daí que eu, juntamente com a minha sócia, amiga e companheira de longa data Lêda Toda, tivemos a ideia de trabalhar a fusão de danças étnicas orientais.

A fusão já é uma tendência mundial e vem se disseminando de várias formas, muitas vezes trazendo maravilhas aos nossos olhos, outras vezes nem tanto. Uma vez eu ouvi o grande bailarino Amyr Thaleb dizer “temos ter cuidado com a fusão para não se tornar contaminação!”. Achei que ele foi muito feliz neste comentário, porque fusão não é simplesmente pegar uma música árabe e fazer uma coreografia com tendência indiana, por exemplo. A fusão busca combinar elementos de forma harmoniosa. O principal é você ter um objetivo final, saber o que você quer passar para o publico, qual o sentido da coreografia. E, claro, muito estudo para que os movimentos sejam limpos, então é possível uma bela combinação.

Foi em 2005 que a dança oriental contemporânea (DOC como chamamos) deu seus primeiros passos. Ela combina Danças Orientais como Dança Indiana, Danças Árabes, Dança Cigana e Flamenco trabalhadas de forma harmônica e aliadas as técnicas do Balé, Jazz e Contemporâneo.

Juntamente com a modalidade, desenvolvemos um sistema exclusivo de registro de coreografias e construção coreográfica, técnicas estas que facilitam o aprendizado.

A DOC vem trazer uma nova ferramenta e através dela você pode vivenciar diversas modalidades de dança de maneira resumida, mas sem perder a mensagem que a dança pode nos trazer.

As aulas são ministradas em forma de coreografias onde o aluno passa por um desenvolvimento mais dinâmico e eficiente.

Propicia criações ilimitadas porque é dinâmica como a vida e como a evolução humana. Fornece uma bela postura, trabalha musculatura, alongamento e melhor coordenação motora facilitando assim qualquer atividade relacionada à expressão corporal. É bela e empolgante, expressa sensações e sentimentos, traz saúde física e mental!!

Faça uma aula e tenho certeza que vai se apaixonar!!

Fernanda S. Payão
Shiva Nataraj Danças e Prática
Você encontra o DOC no Shiva Nataraj e também na Nar Cia de Dança


Shiva Nataraj Danças e Práticas - http://www.shivanataraj.com.br/
Localização: Próximo ao Metrô Tatuapé
Aulas as Quintas-Feiras - 18h às 19h (Nível I) e aos Sábados das 15h às 16h (Nível II)
Nar Cia de Dança e Arte - http://www.nar.com.br/
Localização: Próximo ao Metrô Ana Rosa
Aulas ao Sábados das 10h às 11h (Nível I)

sexta-feira, 9 de abril de 2010

10ª Mistyka na GAIA - com oficina de mandalas


6º COLÓQUIO DE MODA

O 6º Colóquio de Moda, congresso voltado para estudantes e profissionais de todas as áreas que trabalham ou pesquisam moda, acontecerá em São Paulo entre os dias 12 e 16 de setembro próximo. É uma ótima oportunidade para atualizar e ampliar os seus conhecimentos na área, bem como para apresentar e publicar trabalhos relacionados.

O Colóquio de Moda atualmente é o maior congresso do setor, e conta com 15 Grupos de Trabalho (GT´s), que abrangem praticamente todas as atividades relacionadas a esse setor. O GT de Negócios da Moda, que foi implantado na última edição do evento (Recife/2009) tinha o objetivo de estudar temas como gestão de design, varejo, marketing, comunicação, marcas de luxo, entre outros.

Se você desenvolveu recentemente ou está desenvolvendo algum trabalho na área de gestão ligado à moda, aproveite para publicá-lo no GT de Negócios da Moda ou em algum outro GT´s do Colóquio, e receber contribuições importantes de alguns dos principais professores e pesquisadores da área.


Para participar entre no site (www.coloquiodemoda.com.br) e se inscreva, mas corra! A data para entrega dos trabalhos se encerra em 30/04/2010.

Feiras de Artes e Artesanato na região central enaltecem trabalhos de outras culturas

Na região central da cidade existem sete locais que abrigam feiras de artes e artesanato, onde podem ser encontradas antiguidades, pratos típicos, livros, produtos orientais, artesanato regional e uma série de outras particularidades de diferentes lugares.

Em uma cidade conhecida pelo acervo cultural que oferece a turistas e paulistanos - como bibliotecas, museus e teatros municipais -, e onde é possível encontrar diferentes culturas espalhadas por ruas e avenidas, destaca-se um ambiente que integra comerciantes e apreciadores da arte em um mesmo lugar: as feiras de arte e artesanato. Elas acontecem toda semana na região central e dão a possibilidade ao público de acompanhar de perto os artigos de raridade e a materiais feito a mão.

Ao todo, na área da Subprefeitura da Sé existem sete locais que abrigam feiras de artes e artesanato. Ao passar em cada uma delas é possível notar a particularidade entre cada exposição. Na Praça Dom Orione, no Bixiga, são encontrados revistas de épocas, livros, roupas, vitrolas, lustres, móveis e peças decorativas de antiguidades. Quem estiver interessado, a feira ocorre sempre aos domingos.

Para aqueles que gostam da cultura oriental, a Subprefeitura Sé promove, na Praça da Liberdade, a divulgação de almofadas, luminárias japonesas, bonsais e peças antigas, além da saborosa culinária oriental. A feira funciona aos sábados e domingos, das 9h às 17h.

No centro velho, na praça Ouvidor Pacheco e Silva, os curiosos podem passar, de quinta a sábado, das 8h às 17h, em busca de peças de artesanato em geral. Ao todo, 36 expositores oferecem produtos como bolsas de crochê, bordados, blusas de lã e outros materiais. Na Praça da República, a especialidade da exposição, que é realizada todos os sábados e domingos, das 9h às 17h, é a cultura nordestina. Quase 700 expositores divulgam o trabalho dos artesãos brasileiros. Brincos, colares e objetos para casa são facilmente encontrados. A feira acontece desde a década de 50 e é conhecida internacionalmente.

Outro ponto de encontro da arte tradicional é na feira do Masp. Há 20 anos, o lugar é base de reunião para os artistas e colecionadores de antiguidades. Os compradores têm a oportunidade de conferir sempre aos domingos, das 10h às 17h, as coleções de artes e adquirir as obras dos expositores: esculturas, quadros, luminárias, candelabros e moedas antigas. Na Avenida Paulista, no Parque Trianon, quase 100 barracas cadastradas tem como atrativo principal enfeites, velas, bijuterias, roupas, sabonetes, incensos e objetos esculpidos em madeira, entre outras curiosidades. O horário de funcionamento das barracas é das 10h às 17h.

Além destas feiras que ocorrem há décadas na região, o Mercado das Artes, na Praça Princesa Isabel, também ganhou espaço nos últimos anos. Desde sua criação, em julho de 2007, a Subprefeitura Sé abriu aproximadamente 80 vagas para expositores no local. Devido à grande procura por materiais de artes como pincéis, molduras, cavaletes e tintas, esse número subiu e hoje atende 130 artesãos.

Serviço

Feiras de Arte e Artesanato da região central

Bixiga
Praça Dom Orione, Bela Vista
Horário: Domingo, das 10h às 18h

Liberdade
Praça da Liberdade, s/nº, Liberdade
Horário: Sábados e domingos, das 9h às 17h

Masp
Avenida Paulista, 1.578, Centro
Horário: Domingos, das 10h às 17h

República
Praça da República, Centro
Horário: Sábados e domingos, das 9h às 17h

Trianon
Avenida Paulista, s/nº (esquina da Rua Peixoto Gomide), Cerqueira César
Horário: Domingos, das 10h às 17h

José Bonifácio
Praça Ouvidor Pacheco e Silva, s/nº, Centro
Horário: Quintas, sextas e sábados, das 8h às 17h

Princesa Isabel
Praça Princesa Isabel, Campos Elíseos
Horário: Domingos, das 9h às 14h

terça-feira, 6 de abril de 2010

Técnico ambiental reutiliza pneus e evita que se tornem criadouros do mosquito da dengue

Além dos pneus, restos de madeira e espuma são usados na confecção
Qual o destino daquele pneu velho, que já não pode mais rodar nas ruas? Transformar lixo em artesanato. Um técnico ambiental de Tremembé reaproveita pneus velhos para fazer puff. A experiência, além de render um dinheiro para ele, ajuda o meio ambiente e elimina criadouros do mosquito da dengue.
Essa borracharia deu o rumo certo a eles. Dali, todo esse material segue para um ateliê. E o trabalho de Felipe é transformá-lo em puff. Além de pneus, o técnico ambiental que se arriscou na arte aproveita restos de madeira jogados no lixo e retalhos de espumas doados por empresas. O que poderia degradar o meio ambiente agora traz conforto para as pessoas e alívio para a natureza. "Se você joga pneu, de forma ilegal em determinado lugar, determinada área, vai cair a chuva e gerar focos, como o do mosquito da dengue, por exemplo. Se você queima, vai gerar CO2, gás carbônico e também o enxofre", diz o técnico ambiental Felipe França. Cada um desses puff é vendido a R$ 40, com custo menor do que R$ 10. E com modelos variados para quem pretende entrar no time da preservação. E um dos mais procurados, segundo o corintiano Felipe, leva as cores do Verdão. "Infelizmente, por enquanto, estou vendendo mais do Palmeiras do que do meu time favorito, mesmo", diz. E o trabalho desenvolvido pelo Felipe já ganhou reconhecimento na cidade e veio parar no comércio. Em um salão de beleza, por exemplo, além das tradicionais cadeiras, a poltrona, os clientes também podem se sentar em dois puffs. de pneus. E os funcionários garantem que os clientes aprovaram a idéia. "É muito confortável. Às vezes, elas até preferem os puffs do que os bancos mesmo, tradicionais", diz a funcionária Niria dos Santos. A arte é sem dúvida um caminho para o lixo descartado pela sociedade. Henrique é um criador. Faz a lata, o plástico e tudo que pode ser reaproveitado virar um homem de ferro.


Ou ainda um velotrol que sobe e desce para divertir as crianças. É a criatividade sustentada pela consciência. "Mais gostoso ainda quando você está numa exposição e vem o pessoal tirar foto. Veio uma senhora de 60 anos tira foto, vem uma criança tira foto, então eles levam uma recordação, né? E leva essa consciência também. Fala 'puxa vida! Olha,dá pra fazer tanta coisa. Eu não vou jogar mais nada fora em casa", diz o artesão Luiz Henrique Justen.
Fonte: vnews.com.br

sábado, 3 de abril de 2010

Chico Xavier

Hoje fui ao cinema com minha mãe, assistimos o filme "Chico Xavier"

Como espírita já conhecia bem a história de Chico Xavier, mas é sempre bom rever histórias que mostram o bem e o amor. Gostamos muito do filme, muita emoção e algumas cenas engraçadas fizeram chorar e rir.

Vale a pena conferir!

CHICO XAVIER (Idem) Brasil, 2010 / Drama Direção: Daniel Filho Elenco: Nelson Xavier, Ângelo Antônio, Tony Ramos, Christiane Torloni, Pedro Paulo Rangel Crítica - Com a brecha deixada por “Lula, o filho do Brasil”, “Chico Xavier” dispara como candidato ao título de filme nacional mais visto no país em 2010. Sabendo disso, o diretor Daniel Filho, atual dono da melhor receita para falar com as massas, apresenta a trajetória do médium mineiro, excepcional por si só, intercalando momentos de humor com vários que levam às lágrimas. Os atores Matheus Costa, Ângelo Antônio e Nelson Xavier fazem com eficiência a transição da infância, juventude e maturidade do líder espírita, amparados por um elenco formado pelo primeiro time da teledramaturgia – Tony Ramos, Christiane Torloni e Pedro Paulo Rangel, em especial. Como “a” cinebiografia do médium no ano de seu centenário, “Chico Xavier” cumpre bem a sua função. (Dolores Orosco, do G1)

sexta-feira, 2 de abril de 2010

SUPRESA EM DOBRO

Hoje fui ao cinema com meu filhote assistir Surpresa em Dobro, o filme é muito divertido, rimos muito, mas também nos emocionamos, uma comédia com um toque de romance, adorei, vale a pena assistir!!!


Dan (Robin Williams) e Charlie (John Travolta) são dois amigos e sócios que têm suas vidas viradas de ponta-cabeça, quando precisam cuidar, por duas longas semanas, de gêmeos de sete anos de idade.

FICHA TÉCNICA
Diretor: Walt Becker
Elenco: Justin Long, John Travolta, Robin Williams, Seth Green, Kelly Preston, Matt Dillon, Bernie Mac, Dax Shepard.
Produção: Peter Abrams, Robert L. Levy, Andrew Panay, Brian Robbins
Roteiro: David Diamond, David Weissman
Fotografia: Jeffrey L. Kimball
Trilha Sonora: John Debney
Duração: 89 min.
Ano: 2009
País: EUA
Gênero: Comédia
Cor: Colorido
Distribuidora: Buena Vista
Estúdio: Walt Disney Pictures / Tapestry Films
Classificação: 10 anos

FRASE

"A arte é a mão direita da natureza. A última só nos deu o ser, mas a primeira tornou-nos homens."

(Friedrich Schiller)

MERCADO MUNDO MIX

Mercado Mundo Mix - 24 e 25 de Abril na Av. Paulista - 1ª Edição de 2010

Um novo complexo cultural

Exposição de artesanato permanente, curso de fotografia, pinacoteca, cine-teatro-auditório, salas de música e dança dentre outros espaços destinados ao fazer artístico, agora estão juntos no Complexo Cultural de Natal – CCN, erguido pelo Governo do Estado no local onde antes funcionava a penitenciária João Chaves. O Complexo Cultural também inclui instalações de novos cursos da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte – UERN, que será responsável pela administração do Centro. A inauguração do novo espaço acontece hoje, a partir das 19h com programação cultural.

Na programação, a Pinacoteca estará exibindo a exposição de projetos multimídia realizada por alunos e professores do curso de Arte e Mídia da Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. Paralelo a exposição acontecerá apresentações da banda Brazuca Jazz e do Grupo de Chorinho “Ingênuo”, na Praça de Convivência. Haverá também uma programação cultural paralela do Governo do Estado, ainda não divulgada pela assessoria de imprensa.
Segundo Genaro Camboim, diretor do novo espaço cultural, o CCN tem 500 mil metros quadrados e é composto de galeria de exposição (pinacoteca) com 200 metros quadrados; cine-teatro-auditório com capacidade para 300 pessoas; praça de convivência; quatro salas de música (onde funcionarão seis cursos de música para crianças, jovens e adultos); uma sala de dança (que comportará cinco cursos de dança); uma sala de fotografia e vídeo (onde serão ministradas aulas de iniciação à fotografia e vídeo); uma sala de Prática Jurídica (com serviços e atendimentos voltados aos direitos cívicos); um núcleo de inclusão digital; uma sala para oficina de teatro e curso de artesanato. “Nós iremos atender às comunidades circunvizinhas e aos estudantes das redes municipais e estaduais de Educação”, disse Genaro em entrevista ao VIVER.

Quanto ao espaço destinado ao artesanato local, o diretor afirma abarcar a produção local, dos bairros mais próximos como Pajuçara II e conjunto Potengi. “É claro que gostaríamos de dar conta de toda a produção do Estado, mas não será possível”.

O diretor do CCN diz que toda a parte física foi concluída e que aguarda apenas a chegada de alguns itens, como as cadeiras do auditório, e equipamentos multimídia. “Todos estes equipamentos foram comprados, aguardamos apenas a chegada”, disse Genaro Camboim.
O Complexo Cultural faz parte de um complexo, que inclui uma unidade da Uern. Nesta unidade funcionam os cursos de Direito, Turismo, Ciências da Religião e da Computação. Além desses, em 2011 chegarão os cursos de Engenharia Química, e Ambiental e o Curso de Arte e Mídia, que será instalado no próprio Complexo Cultural.
Edital para comércio

De acordo com Genaro Camboim agora em abril será publicado um edital, aberto às empresas como livrarias e agências bancárias, restaurantes, que desejem se instalar na CCN. “As empresas enviarão seus projetos e escolheremos aquelas que têm maior afinidade ideológica com a Universidade”, disse. O resultado da avaliação será comunicado em maio para os inscritos no edital.

O Complexo Cultural inicia na próxima segunda-feira (5 de abril) as matrículas dos alunos interessados nos cursos oferecidos pelo centro. As matrículas serão feitas no CCN, das 8h30 às 17h. A previsão é de que em maio, os cursos já comecem a ser ministrados.
Equipe de Redação

Fonte: www.tribunadonorte.com.br
Foto: Rodrigo Sena

FRASE

"A poesia é uma pintura cega e a pintura é uma poesia muda"

(Miguel Gontijo)

VUDU FASHION

Harvey Nichols é uma marca inglesa de produtos de luxo para o mundo fashion. A campanha abaixo apresenta o lançamento da temporada outono/inverno do ano passado e foi criada pela agência Young & Rubican de Dubai, entitulada de "Vudu Fashion".







Um pouquinho de Estamparia...

Fonte: site Fashion Bubbles

Processo de estamparia

Quase todo mundo usa camiseta estampada ou tem uma no guarda-roupa. Seja uma blusa com estampa localizada, ou um vestido com estampa total. Independentemente da estampa, todas exigem uma técnica específica. O curioso é que pouco se fala do assunto e as estamparias não costumam revelar seus segredos. Afinal, como é feita uma estampa?

O processo básico chama-se Silkscreen e consiste em 4 etapas:

A tela é colocada sobre a frente da peça, uma camiseta, por exemplo;
Uma cor de tinta por vez é colocada sobre a tela, passa-se um rodo de borracha para a tinta vazar através do desenho da tela e ser impressa no tecido;
Se o desenho possuir mais de uma cor (em geral são feitas ate 4 cores), então cada cor do desenho será feita em uma tela separada. Cada tela terá uma parte do desenho que repete a cor;
As estamparias cobram mais caro pelo número de cores usadas, já que a mesma peça terá que permanecer na mesa até que as 4 cores sejam aplicadas.
Passo-a-passo de como se prepara uma estampa

1- O desenho é feito em programas vetoriais ou de tratamento de imagens como Corel Draw, Adobe Ilustrator, Freehand e Photoshop;

2- Depois de pronto, separam-se as cores desse desenho para fazer a impressão dos fotolitos. O número de fotolitos é correspondente ao número de cores da arte, com exceção da quadricromia que se limita a 4 cores. Com isso, cada cor será um fotolito e uma tela separada;

3- O fotolito é utilizado para fazer a gravação das telas que por meio de luzes e uma reação fotossensível transfere a imagem para o nylon esticado no quadro;

4- Depois de gravado, leva-se o quadro a uma mesa própria para silkscreen, onde se estica o tecido e por cima do quadro aplica-se a tinta com um rodo emborrachado. A tinta passa apensas pelo desenho gravado concluindo o processo.



Existem vários tipos de estampa. Veja alguns exemplos:

• Sublimação: É um processo que pode ser feito sobre uma peça pronta, dando efeitos inusitados.A tinta sublimática reage com a fibra do tecido de poliéster e poliamida resultando numa estampa sem toque.


• Zero Toque: A intenção dessa técnica é dar leveza a peça mesmo que ela seja totalmente estampada.Utiliza-se tinta à base d’água e é dada apenas uma passada com o rodo na hora de estampar. O resultado final não é sentido no tato, ou seja, ao passar a mão sobre a estampa você não a sente.


• Transfer: O Transfer é um processo em que a arte desenvolvida é espelhada e impressa num papel especial. Aplica-se no tecido com uma prensa quente, a uma determinada temperatura e a imagem é transferida ao tecido no final do processo. Os papéis Transfer podem ser comprados prontos já com desenhos específicos ou criadas por um software de imagens num computador e impressa por uma máquina específica em um papel especial.

• Corrosão: O tecido no qual será aplicado o efeito da corrosão deve ser tingido com corante reativo, para que se tenha o resultado esperado. A tinta é preparada com a mistura de produtos químicos e, ao ser aplicada ao tecido, descolore seu tingimento e faz aparecer a imagem esperada, sem toque algum na peça.

Exemplo de estampa em corrosão

• Glitter: São partículas brilhantes de poliéster que, misturadas com plastisol incolor, são aplicadas no tecido. A peça apresentará apenas os pontos de brilho do glitter na área impressa.
• Esfera Sintética: O processo é artesanal, mas também está sendo utilizado em grandes estamparias. O produto piloto é a Cola para Esfera Sintética, que é aplicado por meio de bisnaga ou serigraficamente. As esferas são aplicadas por imersão com a Cola ainda úmida. A polimerização é feita por meio de estufa, onde se pode obter dois tipos diferentes de acabamento: com as esferas apenas curadas, ou com as esferas com acabamento derretido, que exige apenas mais tempo dentro da estufa ou maior temperatura. Existe a opção de 13 cores de esferas sintéticas, mas o processo pode ser feito em qualquer cor especial, mas é necessário um prazo maior.

Esfera sintética colorida aplicada em tecido

• Flocagem: É o efeito aveludado dado a uma estampa. Ele pode ser feito através de um aparelho eletrostático, ou pela aplicação do papel flocado e deve ser realizado apenas em tecidos mistos. Esse tipo de estampa exige cuidados especiais ou sua durabilidade será muito menor que a prevista. Na lavagem,o cuidado é essencial, pois não é possível lavar uma peça flocada na máquina.
Depois de aplicada a cola na área desejada do tecido, formando o desenho da estampa, leva-se o mesmo à máquina de flocagem, para flocar toda a área onde foi impressa a cola, movimentando a peneira para o floco cair em pé (eletrostática). Após o tratamento térmico de secagem, retirar o excesso de flocos com aspirador de pó, escova ou equipamento adequado e conferir o resultado que é realmente surpreendente.


Processo de flocagem


Flocagem em tecido

• Plastisol: É uma tinta derivada de resina PVC e plastificantes, proporciona ótima definição na impressão e possui boa resistência à lavagem. O plastisol pode ser aplicado tanto em desenhos coloridos (chapados), como também em alto relevo, com foil metálico e com glitter. É indicado para tecidos de algodão, sintéticos e jeans. A estampa final possui um toque gelatinoso e uma fina camada em relevo. Esse tipo de estampa exige cuidados na hora de passar a ferro: não se pode passar com ferro quente a estampa, tampouco lavar com água muito quente. É preferível lavar a peça no lado avesso.
• Devorê: Esse processo só é permitido em tecidos mistos, pois a tinta “devorê” corroe todo algodão do tecido na área em que for aplicada, restando somente o poliéster. O resultado é diferenciado e é indicado que se faça vários testes antes de uma produção com essa técnica.

Estampa Plastisol


Estampa Devorê

Efeito Marca D’Água: Esse efeito é supreendente! Após aplicado o produto e feitas todas as etapas de secagem e tratamento térmico, lava-se a peça para tirar toda tinta perceptível a olho nu. Depois de seca a estampa não aparece, porém, quando úmida ou molhada ela aparece em marca d’água. Tecidos sintéticos ,como o nylon e camberra, são os mais indicados para a aplicação desse efeito.


Essa matéria foi preparada com as dicas do designer Tiago Elias www.tid3sign.com.br
Por Sueli Schmitt
Sueli Schmitt, correspondente do Fashion Bubbles em Nova York, está com a proposta de conduzir pessoas ou pequenos grupos para comprar e conhecer a cidade de New York de uma maneira muito especial: com uma guia que mora lá, fala português e entende tudo de moda.

Exposição Estamparia gratuita




Local: Galeria do Núcleo de Design – Unidade 3
Endereço: Rua José Antônio Coelho, 879 – Vila Mariana
Período: de 29 de março a 21 de maio
Entrada Gratuita